sábado, 15 de novembro de 2008

ATÉ JÁ !...

Acordo a meio da noite com meio corpo enrolado no
lençol...
Olho para ti... Permaneces bem quieto, deitado, e
sorris...
Sonhas... Sorrio enquanto te observo e ouço as
batidas do teu coração...

A lua esconde-se entre a neblina, aumentando o
romantismo do momento...
Com a minha voz, quente e macia, sussurro-te ao
ouvido,
num murmúrio suave para não quebrar tão doce encanto:

"É o teu amor, meu amor, que me invade e me faz
sentir tua...
E tu, de tanto seres meu, fizeste com que nos
tornássemos um só.
Não abras os olhos... encontrar-nos-emos... um dia...
Até já..."

Levanto-me, deixando aquele espaço onde poucas
horas antes
incendiávamos os nossos corpos...
Penetraste não só o meu corpo, mas também a minha alma,
respirando, sentindo, e amando cada pedacinho de
mim...

Voltarei...
E quando os ponteiros do relógio se cruzarem de novo
e as linhas horizontais se tingirem de rubro,
ter-me-ás encontrado no teu sonho feito realidade...

Fernanda Costa

Lisboa, 16 de Novembro de 2008

25 comentários:

Vieira Calado disse...

Encontro sempre tanta ternura nos seus escritos!...

Bom domingo, amiga!

Teresa Augusto Shanor disse...

Hum...momentos mágicos e eternos de imenso prazer e felicidade. Lindo!

Otimo domingo.
Beijinhos

sofialisboa disse...

como é bom aqui vir.

EternaApaixonada disse...

*****

Fernandinha,
ler e sonhar nesse teu blog...
Consegues passar o sentimento universal do amor...
Que tenha um lindo final de domingo!
Beijos

*****

Isa disse...

O seu terno poema trouxe-me à ideia um momento k vivi.
Faça a mousse.Vai adorar...Pode reduzir um pouquinho o açucar.
Bejinho,bejinho.
isa.

LUZIMAR disse...

Nossa...que maravilha de poema, quanto romantismo, quanto amor.


Um grande beijo querida amiga.

Passando para desejar um lindo domingo.

tossan disse...

Como seria bom se todos os sonhos fossem reais. Bj e um lindo domingo.

Joseph disse...

Fernandinha,
Olá

Mas quanta ternura, sensualidade, até paixão, se pode extrair deste teu belo poema ATÉ JÁ.
Até já, não, isto é PARA SEMPRE.
Gostei demais.

Beijokas doces;-)**

Gerly disse...

Fernanda, que lindos versos. Tanto encanto, tanto amor, tanto dom vc tem.

Uma beijoka!

E retribuo os votos de bom domingo!

Sua terra é linda, é meu sonho conhecê-la.

:o)

Bandys disse...

Fernandinha,
Com todos os deus blogs eu me perco, rsrsr

LIndo esse tambem.

beijos e uma semana chei de luz.

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

O sonho do amado é o nosso sonho, mas nele, paradoxalmente, ficamos de fora e nos contentamos em observar seus sinais: breves sorrisos, movimentos...para que saber tudo? Os momentos em que amamos, nos bastam!
Hoje é aniversário do meu, estamos bem, juntinhos...
Afeto, minha querida Amiga!Bjs

JOICE WORM disse...

Ai que doce momento...
(Muac!! Som de um beijo com muita vontade de deixar de ser virtual!)
Obrigada por sua visita, Fernandinha!

JOICE WORM disse...

Quando puder, visite também: O Pequeno Milagre... Hehe. É meu xodó!
http://opequenomilagre.blogspot.com

Fernanda disse...

Gostei de tudo que li aqui ! Você escreve muito bem, com muita ternurta também !
:D


Beeeijos e bom domingo !
:)

© Piedade Araújo Sol disse...

muita ternura e sensualidade.

beij

Marta disse...

Sonha-se e ama-se...
Num suspiro, num desejo...
Lindo....
Obrigada pela visita...
Beijos e abraços
Marta

Andreia disse...

A ternura das palavras. Adorei.

Obrigado pela visita!
Beijo*

Luciana disse...

Olá Fernanda!

Obrigada pela visita no meu blog e sobre o filme ele tem um lado perverso, mas só vendo pra poder entender melhor, se tu assistir espero que tu goste.

Bjs e um bom domingo.

(En) Canto da poesia disse...

Magnifico texto, Fernandinha! Adorei que tenha me visitado. Será sempre bem vinda! Bom domingo para ti tb. Beijos, Milla.

Nênê disse...

Oi!
Obrigado pela sua primeira visita ao meu blog!
Volte sempre que quiser.
Também gostei do seu blog, voltarei.
Beijos e boa semana.

O QUATORZE disse...

Olá. Boa noite
Venho agradecer a visita e adorei visitar o seu belo espaço, encantador, peguei em algumas frases suas dos vários versos, não está muito bem mas para a pr´xima faço um.

Quando se esconder o Luar,
Com o teu corpo de promessa.
Mágico, Divino, Celestial, Endeusado.
Não abras os olhos, encontrar-nos-emos,
No teu sonho transformado em realidade.

Comprimentos e Amizade
LUIS 14

mundo azul disse...

Que momento lindo!!!

Profundas sensações distribuídas nos seus versos...


Beijos de luz e o meu sincero carinho!!!

gaivota disse...

como sempre, sabe bem chegar aqui ao teu cantinho e ler-te...
é sentir a ternura das tuas palavras ao vivo!
então "até já!"...
boa semana para ti
beijinhos grandes

mariam disse...

Fernandinha,
muito bonito!
doces palavras
sussurrando encanto...

até já.

Oliver Pickwick disse...

Uma delicada e linda alegoria. Voa por cima das nuvens, cara amiga!
Um beijo!

 
Home
©2010 Manu Layouts Templates Blogger