sábado, 7 de fevereiro de 2009

NOITE DE AMOR!...NA PRESENÇA DO CRISTO-REDENTOR!...


1ª.Foto-Tirada na Ilha da Madeira
2ª.Foto-Tirada em Almada- Lisboa


Numa noite de luar,
vi uma Musa saltar
para o convés dum cacilheiro.
Quis ver o que se passava
e vi que a Musa beijava
com ardor um marinheir.


Ouvi gemer e dar ais,
o barco atracado ao cais,
vi balouçar de mansinho,
como se o mar e o rio quisessem
que a Musa ao marujo desse
Mais amor e mais carinho.

O Cristo-Rei, redentor,
vendo amar com tal fervor
não se opõe e abençõa,
mantem no rio e no mar marulho
e para não haver barulho,
impõe silêncio na Madeira e em Lisboa.

Milhões de estrelas, candentes,
deixam seus traços ardentes
e riscam o céu como fogo,
enquanto o par amoroso,
sobre as aguas em repouso,
faz do amor o seu jogo.

Assim, estes dois amantes,
Unidos e confiantes
lábios nos lábios colados,
fazem amor em segredo
mas não sentem qualquer medo
sabem que estão bem guardados.

Finalmente, rompe a aurora
e a Musa vai-se embora,
mas ninguém sabe p'ra onde,
o marinheiro lá anda
de uma para outra banda
pensando onde ela se esconde.

Poema & fotos

Fernanda Costa

Lisboa, 7 de Fevereiro de 2009
Posted by Picasa

35 comentários:

Ana Martins disse...

Querida Fernandinha,
uma noite de amor abençoada!
Gostei muito!!!

Beijinhos,
Ana Martins

ParadoXos disse...

amor assim - é reminiscência contínua!!
"enquanto o par amoroso,
sobre as aguas em repouso,
faz do amor o seu jogo"
é realmente tua esta bênçao divina que de ler nos sentimos contagiados!! poema onde se exige e constroi algo maior - que transcende!
beijão em ti amiga Fernandinha!

anareis disse...

Estou fazendo uma campanha de doações para criar uma minibiblioteca comunitaria na minha comunidade carente aqui no Rio de Janeiro,preciso da ajuda de todos.Doações no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 Que DEUS abençõe todos nos.Meu e-mail asilvareis10@gmail.com

Luciana disse...

Obrigada mais uma vez pela visita no meu Blog.


Bjs e um excelente domingo!

O QUATORZE disse...

Olá. Boa tarde
Continua com belissimas escolhas.

Minha flor bela, tão despetalada...
tu foste um dia o meu desabrochar.
Partiste numa fria madrugada
sem adeus, como um pássaro a voar.

Amizade
LUIS 14

traços de um homem disse...

Boa tarde tem selo para vc lá no blog..
Beijos

Menina do Rio disse...

Já tinha ouvido falar sobres estas estátuas do Cristo em Portugal.

Ai amiga, eu ando em falta com tantos amigos. Tento, tento e não consigo visitar a todos. Mas estão todos no meu coração

Um beijo imenso pra ti

manuel marques disse...

O vento , as ondas e o amor estão sempre do lado dos marinheiros .

Beijos de ex-marinheiro.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Achei muito bonitos os Cristos e gostei do que escreveu, Fernandinha. Pergunto-lhe se lhe fiz algo, pois a convidei para o meu post no Galeria e vc nem apareceu, e isso não é costume seu. Postei de novo, se vc me julga merecedora do seu comentário, está convidada.
Um beijo,
Renata

gaivota disse...

a musa anda a brincar às escondidas...
bonito, fernandinha, pelas imagens, pelo texto
beijinhossssss

Desnuda disse...

As imagens são lindas...Desconhecia estas, Fernandinha. O poema, bonito sempre o que escreves.


Beijo

Gleidston dias disse...

conheço bem esses lugar e realmente é fantastico, otimas fotos e um belissimo poema Fernanda, parabens.

otima semana pra voce.

bjcsss

Pelos caminhos da vida. disse...

Nada melhor do que uma noite abençoada,lindo.

Um gde abraço.

beijooo.

poetaeusou . . . disse...

*
o amor
voa e revoa,
sob o convés
de um cacilheiro,
,
gostei.
,
conchinhas,
,
*

LOURO disse...

Querida Fernandinha,

Linda história de Amor a bordo de um cacilheiro,com duas fotos do CRISTO-REI, belissimas,gostei!!!

Beijinhos de carinho e amizade,

Lourenço

Branca disse...

Um amor abençoado...muito lindo!


bjos!

São disse...

Linda, que poema bonito!
E das fotos gostei muito, claro.
Uma noite repousada.

tossan disse...

Fiz o um comentário lá no Nuno. Gostei muito! Aqui como sempre é o esplendor da foto/poema sempre com o lirísmo que lhe peculiar. Beijo

A lua cheia vaidosa
Vai flertando charmosa,
Radiante e iluminada...
No seu bailado entre as estrelas,
A lua se distrai sedutora
A brincar entre nuvens,
Como mulher dengosa,
Iluminando o fugaz desejo
Dos homens apaixonados,
Acordando linda e nua,
Para namorar na rua...

sonia schmorantz

Lágrimas de Sangue disse...

Gostei muito, virei visitar-te mais vezes...

Pelos caminhos da vida. disse...

Tem selinho la pra vc.

Fim de semana de luz.

beijooo.

Marlene Maravilha disse...

Quanta coisa linda por aqui fErnanda!! Dos poemas as fotos!
beijos

M@ disse...

___,;;;@@@@;;;;@@@@;;;,
__,;;;@@,;;;,;;@;;,;;;;;;,@@;;;,
__;;;@@;;;,“--“;“---“,;;;@@;;;;
__ ;;;@@;;;----Love--;;;@@;;;
___;;;@@“;;,--------,;;“@@;;;
___“;;;@@“;;;-----;;;“@@;;;“
____“;;;;@@;;“;“;;@@;;;;“
______“;;;;;@@@;;;;;“
________’;;;;@;;;;“

Joana disse...

Olá
Estava a visitar blogs e encontrei o teu.
Gostei imenso dos poemas sõa muito bonitos
Continua a escrever assim ;)

Beijinhos*

mfc disse...

Mais um lindo poema e uma sboas fotografias.

gaivota disse...

bom dia, irmã! vim reler este poema, que é lindo!!!
bom domingo
beijinhos

rokerhunter disse...

É so para advertir que está sob vigilância atenta do ROKERHUNTER, o caçador de hipócritas.
Consta da lista que segue rasto de hipocrisia; apenas sua consciência poderá evitar sua inclusão na sala de troféus do ROKERHUNTER.

Tudo do melhor para sua pessoa

Eduardo Aleixo disse...

Pois como haveria Jesus, que é Prémio Nobel do Amor, do amor infinito, e que amou sem medo, e que não quer o medo metido nestas coisas, não proteger o marujo e a cachopa, ainda por cima no convés, embalados pelo marulhar das ondas, espiados pelos olhinhos luminosos das estrelas e há quem diga, Fernandinha, que até os anjos se esqueceram de louvar os céus, tão embevecidis estavam com os vapores que se exalavam dos beijos que se davam zá na terra!...
Beijo.
EA

David Monsores disse...

Olá!
Mesmo com o expediente encerrado, eu insisto em entrar.
Bonita a poesia, e o marinheiro a procurar sua musa, talvez escondida na lua que vela as noites de barco ao mar, talvez se escondeu nas ondas que movimentam-se a lembrar-lhe os marulhos daquela noite de amor.

Muito bom
BeijO grande!

coxa e marreca disse...

ah!!, gostei muito, mas mesmo muito deste poema que fala da minha cidade. não somente porque o tema me diz algo, mas porque o poema em si está delicioso.

beijo

rosa dourada/ondina azul disse...

Bela noite perante as estátuas do Cristo!


Bonito Poema:)

Beijinho,

poetaeusou . . . disse...

*
por onde anda
esta menina ?
,
conchinhas,
,
*

Fernanda disse...

Querida amiga Fernandinha,

Que beleza!
Tudo aqui transpira afecto e beleza.
Parabéns.

Beijinhos

Ana Martins disse...

Um beijinho especial para si neste Dia da Mulher!

Ana Martins

O Árabe disse...

Não conhecia este blog, Fernanda... mas também gostei. :) Boa semana, fica bem!

poetaeusou . . . disse...

*
e revejo
os meus aloés,
prestando homenagem,
a Jesus-Homem,
o Crucificado, desta vida !
,
conchinhas,
,
*

 
Home
©2010 Manu Layouts Templates Blogger